03 – De onde surgiu o apelido Vector? (Aéééééhhhhhh)

03 – De onde surgiu o apelido Vector? (Aéééééhhhhhh)

Era o meu primeiro dia em sala de aula com alunos de terceiro ano (já havia ministrado antes, em 2012, para um cursinho).

O ano… 2016, no Colégio Podium, que eu acabará de ser contratado. Entrei para uma substituição (outro professor havia faltado) e eu lá entrei…

Sentindo aquela sensação de “frio na barriga” com ansiedade e um certo medinho e também muita excitação para entrar em sala e dar a aula.

Quando entrei na sala, sempre uso uma mochila daquelas enooormes pra levar os livros e notebook e todas as parafernálias..

Fui confundido com um aluno… Uma mistura de êxtase (me acharam novinho) e de apreensão (será que eles vão me ouvir?)

Me apresentei, e começamos a aula…Durante a explicação, de repente, eu olho pra trás e alguém está com aquela carinha de “quero rir, mas não posso” e eu fico pensando…

” Meu Deus! Será que fiz algo errado?”

Parece que não! 😌

” Pisei na bosta!”

“Será que minha braguilha está aberta? (OMG) 😣😫😫😥

E eu perguntei…

– O que foi?

E ela me disse..

Nada não, profii.. é que você parece o Vector do meu malvado favorito!!

Aéééééhhhhhh

Ítalo Guedes

Professor Ítalo Guedes Bacharel em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Goiás (UFG) Licenciado em Física pela FAESPE Fanático por música, planilhas e Ciências #professorporpaixão