Eletrodinâmica – Introdução e Corrente Elétrica

Na eletrodinâmica  iremos analisar as cargas elétricas em movimento, ao contrário da eletrostática que as cargas estavam em repouso ou em equilíbrio eletrostático.

A Corrente elétrica

A corrente elétrica (ou fluxo elétrico) é o nome dado para o movimento ordenado e organizado de portadores de carga elétrica.

Estes portadores podem ser: elétrons livres ou Íons (Ex: Na+; Cl-)

Condições para existir corrente elétrica:

– Tensão Elétrica ou D.D.P (Diferença de Potencial Elétrico); e

– Meio condutor de eletricidade.

Efeitos da Passagem de Corrente Elétrica:

  • Térmico – Ou Efeito Joule

A Passagem de Corrente elétrica faz o condutor se aquecer por conta da resistividade elétrica (que veremos mais adiante)

Ex: Chuveiro Elétrico, Forno Elétrico, Ferro elétrico, Secador de cabelos, Chapinha Elétrica.

  • Magnético

A Passagem de corrente elétrica produz ao redor do condutor um campo magnético.
(Tal descoberta foi feita por Hans Christian Ørsted, em 1820, um dinamarquês que percebeu que a bússola mudava sua orientação quando um condutor elétrico era energizado nas proximidades da bússola. Veremos esse assunto melhor lá em Magnetismo).

  • Luminoso

A passagem de corrente elétrica produz emissão de luz

Ex: Lâmpadas incandescentes.

(Tais lâmpadas foram inventadas por Thomas Edison, que usou o carbono (grafite) e depois a indústria passou a usar o Tungstênio).

  • Químico

 

  • Fisiológico

A passagem de corrente em seres vivos provoca alguns efeitos e este fenômeno é conhecido como choque elétrico:

– Contrações musculares;

– Paradas Cardiorrespiratórias;

– Queimaduras;

– Morte.

A intensidade média da corrente elétrica:

A corrente elétrica pode ser calculada por:

 

E a carga elétrica pode ser calculada usando-se a Quantização das Cargas:

Q= n.e